notícias em geral

Coquetel Social é ato concreto de gratidão aos adotistas

     Manter uma obra social do porte do Centro Juvenil Salesiano Dom Bosco, que atende centenas de crianças, adolescentes, jovens e adultos, não é fácil. 

     Mas é possível quando pessoas com visão social contribuem financeiramente, ou com algum bem de consumo, para manter os projetos desenvolvidos.  

     Para retribuir a ação generosa de cada adotista, no dia 16 de novembro de 2016, foi realizado o Coquetel Social que reuniu cerca de 100 convidados e envolveu representantes atendidos na obra e educadores de todos os projetos. O evento teve início com missão de ação de graças e presença do padre Natale Vitali, representante dos salesianos no Cone Sul. 

     Durante a missa foi ressaltada a importância da direção de Deus que a cada dia tem iluminado mais pessoas a colaborarem com os projetos do Centro Juvenil. 

     A animação da missa foi feita pelos participantes da oficina de música do Vem-Crê-Ser/CCA Dom Bosco. Logo depois deu-se início a um breve e acolhedor discurso do padre Assis Moser, diretor do Centro Juvenil. Como em uma casa salesiana nunca falta alegria, e a maior expressão desse sentimento está no sorriso das crianças, a oficina de circo fez uma magnífica apresentação envolvendo malabares e acrobacias, enquanto, em um outro momento, as crianças da oficina de música agraciaram os convidados com belas canções tocadas em flauta doce. “Uma casa salesiana sem música é como um corpo sem alma”, já dizia Dom Bosco, pai e mestre da juventude.

     Dando exemplo de protagonismo juvenil, os jovens do curso de Organização de Eventos participaram efetivamente do evento. Além de contribuírem n recepção e servindo aos convidados, eles também realizaram desde o planejamento, captação de recursos, articulação com os fornecedores, contato com os convidados, decoração até o pós-evento, como a realização da avaliação de desempenho e tabulação dos dados. Todo trabalho foi motivado e mediado pela educadora Talita Paulino:  “A participação dos jovens no planejamento e execução do Coquetel Social, favorece a habilidade no desenvolvimento de projetos, além de aprimorar técnicas de comunicação, escrita, controle financeiro, logística e, principalmente, o trabalho em equipe, empatia, e respeito com as diversidades. Tudo isso pensando no desenvolvimento profissional e pessoal de cada educando”, ressalta.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home